São Tomé e Príncipe acolhe exercício militar

sob comando dos Estados Unidos

Resultado de imagem para juramento de bandeira, militar São Tomé e Príncipe

São-Tomé, 24 de Mar (STP-Pres) - O exercício militar multinacional e combinado Obangame Saharan Express 2017 destinado ao reforço da cooperação regional e melhorar a segurança na região do Golfo da Guiné começa, esta sexta-feira, em São Tomé e Príncipe, anunciou o Chefe de Estado-maior General da Forças Armadas são-tomense, o brigadeiro Horácio Sousa.

O exercício decorrerá até 28 deste mês, é liderado pelo comando africano dos Estados Unidos da América e encarado pelo pela força militar são-tomense, a anfitriã, como uma oportunidade importante para trabalhar em conjunto para aumentar a segurança e a operacionalidade marítima especialmente com os amigos e aliados da guarda costeira do Golfo da Guiné e África do Oeste. 

O Chefe de Estado-maior General da Forças Armadas são-tomenses, brigadeiro Horácio Sousa, enalteceu a importância desta série de exercícios e a necessidade da "concepção de uma estratégia marítima que não se cinge única e exclusivamente no vector militar", sublinhando a transversalidade que a mesma merece em termos internos e a cooperação em termos externos.

Este responsável militar apontou o Golfo da Guiné como um espaço que tem vindo a ganhar alguma notoriedade por bons e por maus motivos, tendo referido que os  bons se circunscrevem " essencialmente, a importância que tem vindo a assumir como fonte de recursos naturais e relevantes linha de comunicação internacional” ao passo que os maus relacionam-se "com a condução de actividades ilícitas, nomeadamente tráfico de seres humanos, pesca ilegal, actos de pirataria e a degradação ambiental, droga, estes últimos caracterizados como "obstáculos ao desenvolvimento sustentado dos países”.

Segundo o brigadeiro Horácio Sousa, participam no exercício Obangame Express 2017 marinhas e guardas costeiras de 22 países, distribuídos pela África Central, América e Europa que para além da segurança do Golfo da Guiné, o exercício Obangame Express visa avaliar e melhorar a capacidade de aplicação da lei marítima internacional, através de uma parceria estratégica de segurança regional.

A cerimónia de abertura do exercício militar Obangame Express 2017 ocorreu, esta quinta-feira, em São Tomé.

Fim /AD

 

 

 

  Av. Marginal 12 de Julho – S. Tomé

Cidade de São Tomé – Telefone: n.º (00239) 2 222087 / (00239) 2 2223431- C.P. n.º 12 - E-mail:

© STP-PRESS. Todos os direitos reservados. © - web designer: João Soares

:: Política | Sociedade | Economia | Cultura | Entrevista | Desporto | Quem Somos | Contacto |  Arquivo |  Fórum ::