Kosmos e Galp Energia iniciam pesquisas sísmicas em São Tomé e Príncipe

Resultado de imagem para Kosmos e Galp Energia

São-Tomé, 07 Fev. - A petrolífera norte-americana, Kosmos Energy e a portuguesa Galp Energia iniciaram pesquisas sísmicas visando a descoberta de petróleo em quatro blocos da Zona Económica Exclusiva de São Tomé e Príncipe, disse segunda-feira à Macauhub o director da Agência Nacional de Petróleo.

Orlando Sousa Pontes sublinhou que “a Kosmos e a Galp Energia deram início há poucos menos de 48 horas aos trabalhos de pesquisa sísmica nos blocos 5,6, 11 e 12 tal como estava previsto” nos contractos de partilha de produção estabelecidos com a Agência Nacional de Petróleo.

Além de ter assegurado que as pesquisas vão durar cerca de nove meses no mar próximo da ilha do Príncipe, Orlando Sousa acrescentou que “os impactos ambientais estão devidamente salvaguardados.”

Há pouco menos de um mês, a Kosmos transferiu para a Galp Energia 20% dos seus direitos e obrigações emergentes dos contratos de partilha de produção nos blocos 5, 11 e 12 da Zona Económica Exclusiva de São Tomé e Príncipe.

O início da pesquisa sísmica acontece quase um ano depois da Kosmos e da Galp Energia terem apresentado publicamente em São Tomé um estudo sobre o impacto ambiental  da operação, condição imposta pela Lei das Operações Petrolíferas e pela Lei de Bases do Ambiente de São Tomé e Príncipe.

Além da zona exclusiva, São Tomé e Príncipe dispõe ainda de uma outra de partilha conjunta com a Nigéria na base de um tratado assinado em 2001 que estabelece 60% das receitas para o Estado nigeriano e os restantes 40% para o arquipélago são-tomense. (Macauhub)

 

 

 

  Av. Marginal 12 de Julho – S. Tomé

Cidade de São Tomé – Telefone: n.º (00239) 2 222087 / (00239) 2 2223431- C.P. n.º 12 - E-mail:

© STP-PRESS. Todos os direitos reservados. © - web designer: João Soares

:: Política | Sociedade | Economia | Cultura | Entrevista | Desporto | Quem Somos | Contacto |  Arquivo |  Fórum ::