Patrice Trovoada, o maior estratega político

da atualidade são-tomense

Texto: Ricardo Neto ***** Foto: Lourenço da Sila

São-Tomé, 29, Agost (STP-Press) – O líder máximo do partido são-tomense ADI, Patrice Trovoada, conseguiu, nos últimos anos, conquistar três dos quatro poderes constitucionais da República de São-Tomé e Príncipe, designadamente, o poder executivo, o legislativo e o de Presidente da República, tornando-se, sem dúvidas, o maior estratega político, da actualidade, no arquipélago.

O poder presidencial de Evaristo Carvalho a consumar-se sábado com o acto de posse na histórica Praça da Independência coloca o presidente do ADI, Patrice Trovoada, que exerce também as funções de primeiro-ministro, como o político, mais poderoso da República, de acordo com o artigo 68º da constituição são-tomense.

Diz o supracitado artigo constitucional são-tomense que “ são órgãos de soberania: a) Presidente da República, b) Assembleia Nacional c) Governo, d) Tribunais”.

Numa estratégia política de se lhe tirar o chapéu, o líder do ADI, além de chefiar a governação do País, dispõe de uma maioria de 33 dos 55 deputados do parlamento, tendo conseguido agora erguer o seu “homem de confiança” (Evaristo Carvalho) para o cargo de Presidente da República. Um mérito político de Trovoada, se olharmos para ainda para o já citado da constituição são-tomense.

Os poderes conquistados, por sufrágio popular, pelo Patrice Trovoada resultam, sem dúvidas, das estratégias políticas, sabiamente, montadas desde da queda do seu governo de maioria simples em 2012, derrubado “parlamentalmente” por uma moção de censura arquitetada pelos seus adversários de sempre, da Troika, designadamente, o MLSTP-PSD, PCD e o MDFM-PC com a apoiada “sentença” ditada na altura pelo Presidente, Manuel Pinto da Costa.
 
Dois anos depois da queda, Trovoada regressa em peso nas legislativas de 2014, surpreendendo tudo e todos, sobretudo, os seus adversários, a Troika de sempre, com uma maioria parlamentar de 33 deputados, numa estratégia política virada para combate a corrupção, melhoria de condições de vida a população, dando até ao luxo de anunciar um preço acessível para arroz do Japão, a internet gratuito bem como polidesportivos para a juventude, dentre outras estratégias que marcaram um período eleitoral de auge.

Assumindo, a chefia da governação, na base do popular orçamento do cidadão, o líder do ADI virou-se para as questões básicas do País, em cumprimento as suas promessas eleitorais de 2012, com realce para os sectores da saúde, educação, energia, estrada e água, sob lema de se tratar de um governo preocupado, especialmente, com “o povo pequeno e a juventude”.

Numa estratégia de governação fora do gabinete, percorrendo por várias zonas rurais do País, de distritos em distritos, sobretudo na colocação de luz elétrica, água potável e estradas, Patrice Trovoada viu sua popularidade a subir vertiginosamente, ao ponto de conseguir levar ao colo o seu candidato presidencial, Evaristo Carvalho ao cadeirão do palácio cor-de-rosa, consumando um clima político de estabilidade governativa no arquipélago.

Apesar dos ataques da oposição, designadamente, o MLSTP-PSD, o PCD e o MDFL-PL e do próprio o presidente Pinto da Costa, o líder do ADI, nas vestes de primeiro-ministro conseguiu, facilmente, passar a sua mensagem política a população, sobretudo, em termos de continuidade das suas acções governativas em prol de “um São-Tomé e Príncipe melhor para todos”.

Falando das estratégias do líder do ADI, há os que se recorrem ao velho ditado que “ filho de peixe sabe nadar” fazendo sempre recordar que Patrice Trovoada é filho de Miguel Trovoada, o antigo Presidente da República são-tomense (1991-2001), outro “granda estratega” da política são-tomense, e já considerado “ um dos sábios” do continente africano. E se o filho seguir ao pai, também, já estará a caminho de “estratega” ao “sábio”.

Fim/Ricardo Neto

 

 

 

  Av. Marginal 12 de Julho – S. Tomé

Cidade de São Tomé – Telefone: n.º (00239) 2 222087 / (00239) 2 2223431- C.P. n.º 12 - E-mail:

© STP-PRESS. Todos os direitos reservados. © - web designer: João Soares

:: Política | Sociedade | Economia | Cultura | Entrevista | Desporto | Quem Somos | Contacto |  Arquivo |  Fórum ::