Morreu jornalista são-tomense,

Deógenes Cravid

São-Tomé, 01 Fev. (STP-Press) - O jornalista são-tomense, Deógenes Cravid, morreu, esta madrugada, aos 69 anos de idade, no hospital central, Ayres de Menezes de São-Tomé, vítima de doença, soube-se hoje de fonte familiar.

Além de jornalismo, sobretudo na Rádio são-tomense, Deógenes Cravid, exerceu também nos últimos tempos, cargo de assessor de imprensa de vários membros do governo de São-Tomé e Príncipe, tendo também exercido as funções de docência no ensino primário, antes de ingressar na comunicação social.

Tendo- se destacado na Rádio Nacional, sobretudo, na locução dos principais noticiários da emissora, a voz de Deógenes Cravid brilhou também na leitura de grandes novidades de última hora expressos em decretos ou despachos emitidos por órgãos da soberania.

Além de apresentação e colaboração em vários programas radiofónicos com estatuto de locutor e apresentador, Deógenes Cravid, exerceu também vários cargo de chefia na direcção da radio nacional onde também produziu notícias ao sector da redacção.

O sindicato de jornalista e técnicos de São-Tomé e Príncipe e a Associação de Jornalistas são-tomense lamentaram a morte do jornalista e endereçaram condolências a família enlutada.

Fim/RN /

 

 

 

  Av. Marginal 12 de Julho – S. Tomé

Cidade de São Tomé – Telefone: n.º (00239) 2 222087 / (00239) 2 2223431- C.P. n.º 12 - E-mail:

© STP-PRESS. Todos os direitos reservados. © - web designer: João Soares

:: Política | Sociedade | Economia | Cultura | Entrevista | Desporto | Quem Somos | Contacto |  Arquivo |  Fórum ::