Governo de Trovoada vai proceder reforma

da segurança social

São-Tomé, 09 Jan ( STP-Press ) -  O Primeiro-Ministro de São-Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, defendeu a necessidade de se proceder a uma reforma no sector da segurança social são-tomense de modo a garantir a sustentabilidade do próprio sistema.

  O chefe do governo são-tomense fez esta declaração numa grande entrevista domingo aos órgãos de imprensa, tendo sublinhado que “ temos de fazer reforma da segurança social … para resolver o problema da maioria dos são-tomenses”.

Evocando uma questão de justiça, Patrice Trovoada disse que “há pessoas com reforma milionária” tendo denunciado que “ há são-tomense a receber 60 a 80 milhões de dobras” como reforma …e, há são-tomense a receber 600 mil dobras”.

Justificou que a disparidade na reforma social deve-se “ a lei mal feita” como consequência do interesse da minoria, para depois anunciar que “ Nós (governo) vamos modificar esta lei porque senão o sistema não é sustentável”.

Além reforma na segurança social, durante a entrevista, Patrice Trovoada falou ainda de outras questões de interesse nacional com realce para o restabelecimento de relação diplomática com Republica Popular da China, em detrimento de Taiwan.

Fim/RN

 

 

 

  Av. Marginal 12 de Julho – S. Tomé

Cidade de São Tomé – Telefone: n.º (00239) 2 222087 / (00239) 2 2223431- C.P. n.º 12 - E-mail:

© STP-PRESS. Todos os direitos reservados. © - web designer: João Soares

:: Política | Sociedade | Economia | Cultura | Entrevista | Desporto | Quem Somos | Contacto |  Arquivo |  Fórum ::