Morreu, Armindo Aguiar, o antigo

ministro são-tomense

São-Tomé, 08 Dez ( STP-Press ) -  O antigo ministro são-tomense da Comunicação Social e Administração Pública, Armindo Aguiar,  faleceu em Portugal, aos 69 anos,-  anunciaram fontes familiares do malogrado que foi secretário-geral do PCD.

Licenciado em história na faculdade de Letras em Portugal, Armindo Aguiar, mestrado em Desenvolvimento Social, exerceu também o cargo de secretário de Estado de Trabalho e Administração Territorial bem como o do director nacional da cultura.

A terceira maior força parlamentar são-tomense, o Partido da Convergência Democrática, PCD, na pessoa do seu presidente, Arlindo Carvalho lamentou a morte de Aguiar, tendo o considerado “ o homem da história e da cultura são-tomense.

  O maior partido da oposição parlamentar, o MLSTP-PSD também manifestou consternação face ao desaparecimento físico do antigo dirigente do PCD, tendo destacado o seu percurso ao serviço da cultura são-tomense.

O Conselho Superior de Imprensa, também lamentou a morte da aquele que foi antigo membro e dirigente deste órgão fiscalizador da comunicação social em São-Tomé e Príncipe.

Fim/RN

 

 

 

  Av. Marginal 12 de Julho – S. Tomé

Cidade de São Tomé – Telefone: n.º (00239) 2 222087 / (00239) 2 2223431- C.P. n.º 12 - E-mail:

© STP-PRESS. Todos os direitos reservados. © - web designer: João Soares

:: Política | Sociedade | Economia | Cultura | Entrevista | Desporto | Quem Somos | Contacto |  Arquivo |  Fórum ::